O conceito de desinformação tem sido recorrente na literatura da área de Ciência da Informação, bem como no restante mídia de maneira mais ampla. A princípio somos levados a concluir que esta temática dispensa maiores debates, pois o senso comum apresenta aparente conformidade quanto ao sentido desta citada palavra. Todavia, ao contrário da visão predominante, diversas são as interpretações correntes, em que prima a ausência de um consenso na definição comum do termo, bem como quanto as contradições existentes quanto a este. Sob esta lógica, o presente texto busca indicar a necessidade de se aprofundar o debate sobre o conceito de desinformação, bem como suas múltiplas interpretações a partir da literatura corrente. Identifica o emprego do conceito de desinformação como ruído ou ausência de informação, como instrumento de alienação coletiva e dominação, e como meio de logro, ou engano arquitetado para alguém. Mais do que um debate de cunho semântico, a incompreensão do que seja desinformação apresenta consequências para indivíduos ou sistemas no tocante a adequada interpretação da própria informação.

DataGramaZero – Revista de Informação, v. 15, n. 6, dez. 2014

CLIQUE AQUI PARA LER O TEXTO COMPLETO

 

- rodrigo

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *